Delator afirma que Temer negociou doação da Odebrecht, diz Folha

Segundo a Folha, o delator Márcio Faria disse à Lava Jato que o encontro aconteceu no escritório de Temer em São Paulo

Um ex-executivo da Odebrecht disse em delação à força-tarefa da operação Lava Jato que o presidente Michel Temer participou de um encontro para tratar de doações da empreiteira para campanha do PMDB em 2010 em troca de facilitar a atuação da empresas em projetos da Petrobras, de acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Segundo a Folha, o delator Márcio Faria, ex-presidente da Odebrecht Engenharia Industrial, disse à Lava Jato que o encontro aconteceu no escritório de Temer em São Paulo e contou com a presença do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está atualmente preso.

Procurado pelo jornal, o presidente Temer afirmou, por meio de sua assessoria, que Cunha levou um empresário a seu escritório em 2010, que poderia ser Faria.