Dólar R$ 3,28 0,12%
Euro R$ 3,67 0,13%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,05% 63.227 pts
Pontos 63.227
Variação -0,05%
Maior Alta 22,54% JBSS3
Maior Baixa -4,09% CYRE3
Última atualização 25/05/2017 - 17:21 FONTE

Curitiba é a capital mais desenvolvida do país; SP é segunda

Logo atrás, vem Vitória na lista de desenvolvimento divulgada hoje pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Maceió e Teresina retrocederam entre um ano e outro

São Paulo – Considerando o nível de emprego, renda e indicadores de saúde e educação, Curitiba é a capital mais desenvolvida do Brasil. É o que está em ranking da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro divulgado hoje (veja lista abaixo).

São Paulo, Vitória, Belo Horizonte e Florianópolis completam o Top 5 do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que congrega os dados oficiais do governo federal para elaborar o nível de desenvolvimento de cada município do país em 2010.

Manaus ficou na última posição.

Assim como o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) da ONU, o IFDM vai de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, mais desenvolvida é a localidade. Os dados levados em consideração, no entanto, são distintos.

O IFDM analisa emprego e renda (salários médios, geração e estoque dos empregos formais), educação (taxa de matrícula infantil, abandono, distorção idade-série, entre outros) e saúde (número de consultas pré-natal, óbitos por causa mal definidas e óbitos infantis evitáveis).

Já o IDH leva em conta expectativa de vida, educação e PIB per capita. Mesmo assim, ambos podem ser vistos como uma espécie de indicador de qualidade de vida, embora não seja exatamente esta a proposta original.

No IFDM, índices de 0,6 a 0,8 indicam desenvolvimento moderado. São 11 capitais neste grupo. As restantes têm nota acima de 0,8, sendo, segundo a Firjan, de alto desenvolvimento.

Apenas Maceió (AL), Teresina (PI) e Campo Grande (MS) tiveram piora no IFDM entre 2009 e 2010. A maior evolução foi vista em Rio Branco, no Acre, onde o índice melhorou mais de 8%.

Posição Capital Estado IFDM Variação em relação à 2009
Curitiba PR 0,9024 3,4%
São Paulo SP 0,8969 0,4%
Vitória ES 0,8927 1,0%
Belo Horizonte MG 0,8756 2,7%
Florianópolis SC 0,8737 0,7%
Palmas TO 0,8644 1,8%
Goiânia GO 0,8610 2,0%
Campo Grande MS 0,8578 -0,4%
Rio de Janeiro RJ 0,8501 0,7%
10º Porto Alegre RS 0,8329 2,8%
11º Cuiabá MT 0,8292 3,3%
12º Recife PE 0,8258 2,1%
13º Teresina PI 0,8181 -2,3%
14º Natal RN 0,8156 1,8%
15º Porto Velho RO 0,8072 1,3%

Posição Capital Estado IFDM Variação em relação à 2009
16º João Pessoa PB 0,7987 1,6%
17º Aracaju SE 0,7978 0,7%
18º Fortaleza CE 0,7880 0,5%
19º Belém PA 0,7855 2,5%
20º São Luís MA 0,7831 4,3%
21º Salvador BA 0,7697 0,8%
22º Rio Branco AC 0,7691 8,2%
23º Boa Vista RR 0,7687 0,8%
24º Maceió AL 0,7449 -2,0%
25º Macapá AP 0,7194 2,9%
26º Manaus AM 0,7043 3,6%