Consultoria não tem relação com Petrobras, diz Dirceu

Segundo a nota, José Dirceu foi contratado pelas construtoras UTC, OAS e Galvão Engenharia para prestar consultoria sobre mercados externos

São Paulo – A assessoria do ex-ministro José Dirceu negou na tarde desta sexta-feira, 23, em nota à imprensa, que haja relação entre os serviços de consultoria prestados pelo petista e contratos da Petrobras.

Segundo a nota, Dirceu foi contratado pelas construtoras UTC, OAS e Galvão Engenharia para prestar consultoria sobre mercados externos, principalmente América Latina e Europa.

“A relação comercial com as empresas não guarda qualquer relação com contratos na Petrobras sob investigação na Operação Lava Jato”, diz a nota publicada no blog do ex-ministro.

A assessoria informa ainda que Dirceu está à disposição para prestar esclarecimentos à Justiça.

O ex-ministro teve os sigilos fiscal e bancário quebrados pela Justiça Federal do Paraná por pagamentos de R$ 3,7 milhões das construtoras Galvão Engenharia, OAS e UTC Engenharia, investigadas na Lava Jato.

Os pagamentos foram feitos entre os anos de 2009 e 2013.