Com ampla vantagem, ACM é reeleito prefeito de Salvador

Com mais 80% das urnas apuradas, ACM tem 73,94% dos votos válidos e não pode ser mais alcançado pela candidata do PCdoB, Alice Portugal

O candidato ACM Neto (DEM) venceu a disputa pela prefeitura de Salvador, no primeiro turno. Com mais 80% das urnas apuradas, ACM tem 73,94% dos votos válidos e não pode ser mais alcançado pela candidata do PCdoB, Alice Portugal, que aparece em segundo, com 14,69%.

Aos 37 anos, ACM Neto (DEM) comandará a prefeitura da capital baiana por mais quatro anos após conquistar mais de 780 mil votos.

Na corrida pelo segundo mandato, ACM teve apoio de 15 partidos, como PMDB e PSDB, que formaram a coligação Coligação Orgulho de Salvador.

O vice na chapa é o deputado estadual, Bruno Reis (PMDB). Como o próprio nome indica, o prefeito é neto do falecido político baiano, Antônio Carlos Magalhães.

Graduado em Direito, ACM Neto desenvolveu a carreira no meio político. Em 2002 foi eleito Deputado Federal, pelo PFL (atual DEM). No cargo, permaneceu por três mandatos.

Durante o período, chegou a se candidatar à prefeitura, em Salvador (2008), mas não teve votação suficiente para ir ao segundo turno. Somente em 2012, ainda Deputado Federal, elegeu-se prefeito de Salvador.