Carnaval do Rio teve uma agressão a mulher a cada 3 minutos

Em cinco dias, mais de 2 mil atendimentos registrados pela PM por telefone se referiram a agressões a mulheres

Rio de Janeiro – Em cinco dias, período de duração da Operação Carnaval realizada pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, a instituição prestou 15.943 atendimentos por meio do telefone 190. Desses, 2.154 (13,5%) se referiam a casos de violência contra mulheres.

Divulgados pela PM, os dados se referem ao período das 8h de sexta-feira (24) às 8h de quarta-feira (1), em todo o Estado. Portanto, houve mais de 430 casos desse tipo por dia, ou um episódio de agressão a cada pouco mais de 3 minutos.

O segundo tipo mais comum de ocorrência foi perturbação do sossego, com 1.923 chamadas (12% do total).

Também foram realizadas 226 prisões e 78 apreensões (de crianças ou adolescentes), e 69 armas foram apreendidas. Foram encontrados e recolhidos 28 frascos de lança-perfume, além de pequenas quantidades de maconha, cocaína, crack, ecstasy e haxixe.