Brasil impulsiona crescimento do tráfego aéreo na América Latina

O aumento registrado na América Latina e no Caribe foi de 15,3% em maio, impulsionado pela forte demanda doméstica no Brasil

São Paulo – O Conselho Internacional de Aeroportos afirmou nesta terça-feira que o tráfego aéreo de passageiros no mundo todo aumentou de forma significativa em maio, com alta de 6,6%, e que a América Latina foi a região com o maior ritmo de crescimento, muito devido à demanda do Brasil.

O aumento registrado na América Latina e no Caribe foi de 15,3% em maio, impulsionado pela forte demanda doméstica no Brasil, enquanto na América do Norte, o tráfego de passageiros subiu 5,1%.

Na Europa, o aumento foi de 8% graças aos fortes números na Turquia, Espanha, Rússia e nos países do norte da Europa. Já na Ásia-Pacífico, o tráfego cresceu 5,9%.

A África foi a única região que registrou queda do tráfego de passageiros, ao perder 16,5%, devido principalmente à situação de instabilidade em alguns países do Magrebe.

O Conselho indicou ainda que, em maio, o transporte aéreo de mercadorias registrou baixa de 1,9% no mundo. A queda do tráfego internacional foi de 2,5%, enquanto no transporte doméstico foi de 0,4%.

“Estamos estimulados pela tendência de forte crescimento do tráfego de passageiros. A queda do tráfego de mercadorias é pequeno em termos percentuais e deveria ser temporário”, assinalou em comunicado Andreas Schimm, diretor de Economia do Conselho.

“As previsões mais recentes do Fundo Monetário Internacional (FMI) preveem um robusto crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e do volume de comércio, superior a 4%. Estima-se que o crescimento de passageiros e mercadorias ficará acima dessa figura no restante de 2011”, acrescentou Schimm.