Boca de urna mostra que Doria pode ser eleito no 1º turno

Dória recebeu 48% dos votos válidos, enquanto Haddad, seu rival num possível segundo turno, teve 20%

São Paulo – O tucano João Doria poderá ser eleito prefeito do maior colégio eleitoral do país já neste domingo, segundo pesquisa de boca de urna do Ibope, ou enfrentar num segundo turno o petista Fernando Haddad, que busca a reeleição.

Doria recebeu 48 por cento dos votos válidos, enquanto Haddad, seu rival num possível segundo turno, teve 20 por cento, de acordo com o levantamento divulgada pela TV Globo. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

Celso Russomanno (PRB) aparece na terceira posição, com 14 por cento, seguido de Marta Suplicy (PMDB), com 11 por cento. Luiza Erundina (PSOL) ficou com 4 por cento.

A eleição de São Paulo tem sido acompanhada de perto, pois uma vitória de Doria fortalecerá o governador Geraldo Alckmin (PSDB) na disputa interna do partido para a candidatura à Presidência da República em 2018.

A candidatura de Doria, um empresário que pela primeira vez disputa uma eleição, foi diretamente patrocinada por Alckmin a contragosto de lideranças históricas do PSDB paulista.

O Ibope ouviu 6.000 eleitores neste domingo.