BNDES financiou R$ 3,6 bilhões para estádios em 2011

Verba foi utilizada na construção ou reformas das arenas que serão usadas na Copa de 2014

Rio de Janeiro – O programa de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) destinado a apoiar a reforma e construção de estádios para a Copa do Mundo de 2014 (ProCopa Arenas) encerrou o ano passado com dez projetos em carteira. Os recursos envolvidos totalizam cerca de R$ 3,589 bilhões. A informação foi divulgada hoje (9) pela Gerência de Comunicação do BNDES.

Os projetos já aprovados e contratados são os dos estados do Amazonas (R$ 400 milhões), Bahia (R$ 323,7 milhões), Ceará (R$ 351,5 milhões), Mato Grosso (R$ 392,3 milhões), Minas Gerais (R$ 400 milhões), Pernambuco (R$ 400 milhões), Rio de Janeiro (R$ 400 milhões) e Rio Grande do Norte (R$ 398,7 milhões).

Dois pedidos recentes de financiamento ainda estão na fase de análise pelo banco. Eles referem-se à construção da Arena Itaquera, em São Paulo, englobando recursos no valor de R$ 400 milhões, e à reforma da Arena da Baixada, no Paraná, no montante de R$ 123 milhões.

O ProCopa Arenas teve a vigência prorrogada até dezembro deste ano. Os financiamentos concedidos pelo BNDES podem ser de, no máximo, R$ 400 milhões, ou 75% do valor total do projeto.