Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,65 -0,19%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 0,70% 63.103 pts
Pontos 63.103
Variação 0,70%
Maior Alta 3,10% BBAS3
Maior Baixa -2,75% JBSS3
Última atualização 24/05/2017 - 10:24 FONTE

Ato na Paulista tem gritos contra Renan e a favor de militares

Manifestantes em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) gritavam palavras de ordem contra o presidente do Senado, Renan Calheiros.

São Paulo – A manifestação em defesa da Lava Jato na Avenida Paulista começou aos gritos de “Fora Renan”. Manifestantes em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp) gritavam palavras de ordem contra o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Depois, enquanto o Vem pra Rua executava o Hino Nacional, o grupo que pede intervenção militar tocava o Hino da Independência.

Kim Kataguiri, do Movimento Brasil Livre, discursou contra o presidente do Senado, Renan Calheiros. Disse que o governo precisa “parar de se preocupar com a Lava Jato e cuidar da crise”. O líder, no entanto, não citou o nome do presidente Michel Temer.

Rogério Sinni, líder do grupo que clama por intervenção militar, discursou na Paulista. “Os verdadeiros patriotas estão aqui. Este é o lado da liberdade. Se você quer continuar sendo gado do PSDB, vá lá para o MBL (Movimento Brasil Livre)”, disse. Ele também criticou o governo do presidente Michel Temer.

A Procuradora da República e integrante do Núcleo de Combate à Corrupção Thaméa Danelon está no protesto na Avenida Paulista. Ela postou foto em frente ao Masp em seu perfil no Twitter.