As frases que deram o que falar nesta semana – 13/1

Crise penitenciária, troca de farpas na eleição da presidência da Câmara e Lula como possível candidato para 2018 foram os destaques da 2ª semana do ano

São Paulo — O massacre nos presídios do país, que já levou à morte quase 100 detentos, marcou os noticiários desta semana.

Governadores e até o presidente da República assumiram que a situação é grave. Em resposta, o ministério da Justiça disse que vai se reunir com estados para montar um plano de ação imediato para a crise penitenciária. Além disso, enviou homens e mulheres da Tropa Nacional a Manaus e Boa Vista.

A semana também foi marcada por depoimentos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva indicando que ele pode vir a concorrer à presidência em 2018.

Enquanto as eleições presidenciais não chegam, a disputa pela liderança da Câmara dos Deputados é que tem gerado troca de farpas entre base aliada e oposição no Congresso.

Veja um resumo das frases que definiram os últimos dias:

Se preparem: se necessário, eu serei candidato”

Lula, durante o 29º Encontro Estadual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), em Salvador, na Bahia. Em 11/01/2017

Não sento lá de jeito nenhum”

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre sentar na cadeira de Temer enquanto assume interinamente a presidência da República nas viagens do titular. Em 10/01/2017

Me ligaram e confirmaram. Desde ontem [sexta-feira], já tinham falado: “Simone, o ‘seu’ Jaime tá morto. Cavaram um buraco aqui e enterraram ele. Eu fiz foi ver”. E o estado de Roraima sabe que tem celular lá dentro. Então me ligaram e me falaram que o meu marido tá enterrado lá dentro, na cozinha. E o que tá faltando para desenterrar o meu marido, gente?”

Simone Alves, mulher de um dos detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, em Boa Vista (Roraima). Em 07/01/2017
Parentes de presos mortos em rebelião de presídio em Roraima

Parentes de presos mortos em rebelião de presídio em Roraima (Reuters)

Veja que eles têm até preceitos próprios e, pra surpresa nossa, até quando fazem aquela pavorosa matança, o fazem baseado em códigos próprios. Então, essa é uma questão que ultrapassa os limites da segurança, para preocupar a nação como um todo”

Presidente Michel Temer (PMDB), na abertura da reunião do núcleo de infraestrutura no Palácio do Planalto. Em 11/01/2017

Tu fica quietinho e eu deixo entrar tudo pra tu”

Wallber Virgolino, secretário de Justiça do Rio Grande do Norte, ao explicar como funcionam os acordos entre os estados e as facções criminosas nos presídios do Brasil . Em 10/01/2017
Deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO)

Deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO)

“Maia está apenas preocupado em fazer barganha de cargos em troca de votos. O apoio dele a proposta não é genuíno” (PTB-GO)

Deputado federal Jovair Arantes, candidato do PTB ao comando da Câmara