Após esperar 1h30, Doria pede que papa reconsidere visita

Prefeito aproveitou o momento para entregar a Francisco uma cópia do livro "Genesis", de Sebastião Salgado, ressaltando a importância do fotógrafo

O prefeito de São Paulo, João Doria, reuniu-se nesta quarta-feira (19) com o papa Francisco, no Vaticano, e pediu para o líder católico rever sua decisão e viajar ao Brasil para participar das celebrações dos 300 anos da padroeira Nossa Senhora Aparecida, em outubro.

Doria cumprimentou Jorge Mario Bergoglio durante a semanal audiência geral na Praça São Pedro e um dia após ter sido revelada uma carta do Vaticano ao presidente Michel Temer na qual o Papa recusava o convite de visitar o país, alegando “agenda lotada”.

“Ofereci a camisa da seleção brasileira assinada por todos os jogadores ao Santo Padre e disse que gostaria de pedir, em nome do povo brasileiro, que ele revisasse sua decisão de não ir ao Brasil em outubro”, contou Doria à imprensa após o encontro.

“Ele respondeu que sabia da importância do evento, mas que era ‘difícil’. Eu rebati que ‘difícil não é impossível’, pois são 130 milhões de católicos no Brasil que vão saudá-lo”, disse o prefeito de São Paulo. “O Papa respondeu sorrindo: ‘vamos ver, mas o Brasil terá sempre minhas bênçãos'”.

Apesar do clima cordial do breve encontro entre Doria e Francisco, o prefeito confessou discordar da decisão do líder católico de não participar das celebrações em outubro. “Não quero fazer juízo, nem me cabe, porém acho que não houve uma orientação adequada ao Santo Padre de não estar presente em uma data tão importante como essa. Mas quem sou eu para julgar o Papa?”, confessou o tucano.

“Humildade é algo que não falta a um Papa, especialmente ao papa Francisco. Voltar atrás é prova de grandeza e eu espero que ele possa revisar essa decisão, independentemente de seguir por Argentina, Uruguai, Colômbia”, completou.

Na carta do Papa a Temer, que é uma resposta a um convite enviado no fim de 2016 pelo governo brasileiro, Francisco disse que não poderia visitar o país neste ano devido à sua intensa agenda de compromissos. Para 2017, ele já tem viagens marcadas para o Egito, Portugal, Colômbia, Índia, Bangladesh e ao continente africano.

Ele estará na Colômbia em setembro, acolhendo um pedido do presidente Juan Manuel Santos e para celebrar o acordo de paz com o grupo guerrilheiro Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o que facilitaria expandir seu giro pela América Latina e incluir o Brasil, país com maior número de católicos no mundo.

No entanto, Francisco já esteve no Rio de Janeiro em 2013. Foi sua primeira viagem internacional como Papa e ele participou da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

O prefeito de São Paulo se reuniu com Bergoglio ao lado de sua esposa, a primeira-dama Bia Doria, e sua filha Carolina antes de seguir viagem para Lisboa, em Portugal.

Em entrevista à ANSA, Doria contou que a Prefeitura fechou uma série de parcerias com empresas italianas e instituições de Roma para recuperar monumentos na cidade de São Paulo.

“Essas parcerias serão reveladas publicamente muito em breve, após a formalização delas com as empresas italianas, sempre com orientação da embaixada da Itália em Brasília, e do consulado italiano em São Paulo”, disse. “Tenho como objetivo valorizar São Paulo como a cidade do mundo, é a maior capital internacional da América Latina e não seria diferente em relação à comunidade italiana”, acrescentou Doria.

“São Paulo é a maior cidade de concentração italiana fora da Itália. O sentimento de São Paulo é também o sentimento italiano”, ressaltou o prefeito, que tem origem genovesa.

Em Roma, Doria também comparou a Operação Mãos Limpas, a maior investigação contra a corrupção na Itália e ocorrida nos anos 1990, com a Lava Jato, admitindo que o Brasil vive um momento parecido com o que o país europeu atravessou no passado.

“Eu diria que Lava Jato é muito maior, mais ampla, do que foi a Mãos Limpas. Embora o juiz Sergio Moro já indicou que a leitura dos processos, dos livros, do histórico da Operação Mãos Limpas o inspirou bastante, as circunstâncias são distintas, os tempos são outros, e acredito firmemente que a Operação Lava Jato ajuda a passar o Brasil a limpo e ajudará o país a ser melhor”.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Igor Krisztan Hidalgo Pozo

    Eita menino esperto! Se o Papa reconsiderar será uma infalível carta de recomendação ao cargo da presidência. Jojo Doria sagaz! ¬‿¬

  2. maria cecilia

    faltou as mídias darem a dica para ele ir fantasiado de coroinha….daria mais ibope entre os coxinhas

    1. Eita que a invej é uma desgraça…

  3. Leymar de Moraes

    O que um prefeito de uma cidade tão problemática como São Paulo tem haver com ir ao vaticano e pedir ao Papa vir ao Brasil ? Esse trabalha mesmo, pra ele claro, assim como eu já previa. Continuem a votar no PT + PSDB + PMDB e todas suas coligações e faremos bodas de ouro nos próximos anos de governos incompetentes e fraudulentos. Já estão governando a 40 anos, quando não é um é outro, daqui a pouco faz 50 anos e o pior é que tem muiiiiiiiita gente que o elegeu achando ser mudança. Como mudar se o partido é o PSDB. Como mudar votando sempre nos candidatos nos mesmos partidos fraudulentos de sempre ? Getúlio Vargas disse certa vez: “Lei, ora lei” Eu digo, “Eleitores, ora eleitores!” Pra que paralisar tudo dia 28 e vota nos mesmos partidos na próxima eleição. Só tem gente ignorante e burra neste país.;

    1. Doria foi sagaz. É seu papel se quiser ser visto como estadista. Ele fechou acordos de investimento para a cidade de SP e aproveitou para falar com o papa.
      Concordo que a assessoria do papa falhou ao orientá-lo a não vir ao Brasil. Ou seja, o papa não pode revisitar o maior país católico do mundo envolto numa crise ética, política, econômica, mesmo vindo a um país vizinho “celebrar” um “acordo de paz” com um grupo terrorista. Já imagino a próxima visita do papa: Síria (se é para fechar acordo de paz com terroristas por que não “negociar a paz” com o Estado islâmico) sob discursinho de cessar matanças, etc. Essa visitinha do papa à Colômbia sim é oportunista e passa uma perigosa mensagem para terroristas: algo tosco e míope como “matem à vontade que não os perseguiremos, ao contrário, oferecemos a outra face”.

    2. Ralfo B B Penteado

      Populismo. Já mostra a que veio. Porque não “prefrita’? Dêem um.ptograma de auditório a ele. Quando irá soFsustso ?

  4. Doria foi sagaz. É seu papel se quiser ser visto como estadista. Ele fechou acordos de investimento para a cidade de SP e aproveitou para falar com o papa.
    Concordo que a assessoria do papa falhou ao orientá-lo a não vir ao Brasil. Ou seja, o papa não pode revisitar o maior país católico do mundo envolto numa crise ética, política, econômica, mesmo vindo a um país vizinho “celebrar” um “acordo de paz” com um grupo terrorista. Já imagino a próxima visita do papa: Síria (se é para fechar acordo de paz com terroristas por que não “negociar a paz” com o Estado islâmico) sob discursinho de cessar matanças, etc. Essa visitinha do papa à Colômbia sim é oportunista e passa uma perigosa mensagem para terroristas: algo tosco e míope como “matem à vontade que não os perseguiremos, ao contrário, oferecemos a outra face”.

  5. PSDB só tem coroinha da igreja católica e afins. Não venha por favor, o país e o povo não merecem!

    1. Nisso eu concordo. Tirando eu, ô povinho desgraçado que mora nessa terra…

  6. Ronaldo Luis

    Com certeza o papa não irá fazer um pacto diabólico desse ser usado por esses abutres tentando comover o povo brasileiro usando o nome de Deus parabéns ao papa Francisco de não ter aceito o convite alegando agenda lotada chupá políticos filhos da puta no próximo ano o povo brasileiro vai se vingar de vocês.

  7. Hans Fernando

    Doria é polêmico e uma figura que sabe negociar, possivel candidato a presidencia no futuro em uma Brasil frágil politicamente e carente de um representante que resolva os problemas economicos…A economia está sofrendo com a crise externa sim, mas com a má administração vinda de governos passados e atual no Brasil, temos problemas crônicos de ajustes de pagamentos de dívida que encarece nossa energia por exemplo e por ai vai…
    o que nós podemos fazer? por muito tempo eu reclamei… e depois de um tempo percebi que podemos achar outra alternativas…
    A internet é uma forma de se conseguir ganhos com escala em massa…
    Tenho algo interessante você pode conferir:

    TRABALHE EM CASA E MONTE SEU HORÁRIO

    É necessário um computador com acesso a internet, e tablet ou smartphone.

    Descrição do trabalho:
    Anúncios e propagandas pela internet.

    Ganhos de acordo com a produção.

    R$: 30,00 por cada acesso vendido.

    1 acesso por dia vendido: R$ 900,00 por mês.
    10 acessos por dia vendido: R$ 9.000,00 por mês

    INTERESSADOS ACESSAR O LINK ABAIXO

    (copie e cole esse link em uma nova aba, aonde você digita o endereço google por exemplo)

    https://goo.gl/E5p2um

    Me siga nas redes sociais

    Hans Fernando Frota Marinho

    Instagram: @hansfernandofrota
    Facebook: @hans.frota
    Youtube: Hans Fernando

  8. Ralfo B B Penteado

    Populismo. Já mostra a que veio. Porque não “prefrita’? Dêem um.ptograma de auditório a ele. Quando irá soFsustso ?

  9. Ralfo B B Penteado

    Prefeito estadista ? Já tirou os cocos de Tiete e Pinheiros ? Vai continuar fedendo esta cacagonia ? Fazendo de trampolim o fedor da cacagonia.