Anvisa suspende remédio para tratamento de leucemia

O Diário Oficial de hoje também traz a proibição da venda do remédio Tabine (citarabina), da empresa Meizler UCB Biopharma S.A.

Brasília – Além de suspender a venda e distribuição de medicamentos do Laboratório Teuto Brasileiro, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta quarta-feira, 20, a mesma restrição a produtos de outros laboratórios.

O Diário Oficial de hoje também traz a proibição da venda do remédio Tabine (citarabina), da empresa Meizler UCB Biopharma S.A.

Ao todo, foram suspensos treze lotes do produto, indicado para o tratamento de leucemias agudas não linfocíticas.

A decisão foi tomada porque o produto estava fora dos padrões de estabilidade, o que poderia indicar um prazo de validade menor do que o estampado na embalagem. A empresa vai recolher o produto.

O Tamsulon, da empresa Zodiac, foi suspenso depois da comunicação da própria empresa, que identificou problemas na data de validade estampada na embalagem do remédio, usado para tratamento de hiperplasia da próstata.

A gaze cirúrgica Neve Estéril também teve sua comercialização suspensa pela Anvisa, depois de o Instituto Adolfo Lutz constatar a presença de corpo estranho de coloração escura no interior de embalagem intacta.