Analistas elevam inflação e reduzem PIB neste ano

IPCA estimado pelos economistas subiu de 5,78% para 5,82% em 2011, e PIB passou de 4,29% para 4,10%

São Paulo – Durou apenas alguns dias o alívio nas projeções de inflação. Após uma redução na semana passada, o boletim Focus do Banco Central (BC), que colhe semanalmente as previsões de analistas de cerca de 100 instituições financeiras, elevou de 5,78% para 5,82% a estimativa para a inflação oficial neste ano. Nas úliimas 14 semanas, houve 13 altas.

A projeção dos economistas para a taxa básica de juros (Selic) neste ano permaneceu em 12,50%. Já o crescimento do PIB foi reduzido de 4,29% para 4,10%, enquanto a expansão da produção industrial foi mantida em 4,10%.

As previsões para a cotação do dólar no fim de 2011 ficaram em R$ 1,70. Já as projeções para o superávit da balança comercial passaram de US$ 13,00 bilhões para US$ 13,50 bilhões. Se concretizado, será inferior aos US$ 20,2 bilhões registrados em 2010.

Pressão em 2012

O boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (14) traz ainda previsões para a economia brasileira no ano que vem. As projeções para o IPCA foram mantidas em 4,80% – acima do centro da meta de inflação (4,50%). Os juros básicos ficaram em 11,25% e a expansão do PIB de 2012 foi reduzida de 4,50% para 4,45%.

Fonte: Banco Central
Previsões – Mediana 2011 2012
IPCA 5,82% 4,80%
IGP-DI 6,88% 4,89%
IGP-M 6,97% 4,70%
IPC-Fipe 5,51% 4,70%
Câmbio – fim de período (R$/US$) 1,70 1,75
Câmbio – média do ano (R$/US$) 1,68 1,75
Meta Taxa Selic – fim de período (ao ano) 12,50% 11,25%
Meta Taxa Selic – média de período (a.a.) 12,22% 11,90%
Dívida Líquida do Setor Público (% do PIB) 39,60% 38,00%
PIB 4,10% 4,45%
Produção Industrial 4,10% 4,50%
Conta Corrente (US$) -66,00 bilhões -70,00 bilhões
Balança Comercial (US$) 13,50 bilhões 8,00 bilhões
Inv. Estrang. Direto (US$) 42,00 bilhões 43,00 bilhões
Preços Administrados 4,50% 4,50%