Alckmin e Doria vão anunciar mais nove ações conjuntas

Segundo Dória, será avaliada a possibilidade de adaptação de espaços em estações de trem e metrô para a implantação de creches

São Paulo – Depois do repasse de R$ 84 milhões dos cofres do Estado a programas de assistência social realizados no município, a parceria entre o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito de São Paulo, João Doria, promete anunciar na segunda-feira mais nove medidas conjuntas em áreas consideradas prioritárias, como segurança pública e educação.

Entre as medidas coordenadas entre as duas gestões, Dória informou que uma reunião no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, vai avaliar, também na próxima segunda-feira, a possibilidade de adaptação de espaços em estações de trem e metrô para a implantação de creches.

Por meio de soluções que incluem ainda a conversão de agências bancárias desativadas, a promessa de Dória, feita durante a campanha eleitoral, é de zerar a fila de espera nas creches municipais.

A lista de espera é estimada em 66 mil de crianças, segundo número que, segundo o tucano, foi informado pela administração anterior, do petista Fernando Haddad.