“Aguardemos a Justiça”, diz Dilma sobre julgamento do TSE

Sobre um possível afastamento do presidente Michel Temer da Presidência, ela também respondeu: "aguardemos a Justiça"

São Paulo – Um dia antes do julgamento da chapa presidencial de 2014 que pode levar à cassação de seus direitos políticos, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ex-presidente cassada Dilma Rousseff (PT) participa da abertura do 3.º Salão do Livro Político, no teatro Tuca, realizado nesta noite, 5, na PUC-SP. Sua palestra é sobre Estado de exceção.

Na chegada do evento, Dilma foi questionada sobre o julgamento do TSE. Ela se limitou a responder: “Aguardemos a Justiça”.

Sobre um possível afastamento do presidente Michel Temer da Presidência, ela também respondeu: “aguardemos a Justiça”.

Ainda questionada sobre os próprios direitos políticos, que podem ser cassados na sessão de julgamento no TSE, ela voltou a dizer: “aguardemos a Justiça”.

Ao ser perguntada sobre como estaria a vida, Dilma respondeu: “Difícil para todo mundo”.