Advogados de Lula dizem que condenação ataca democracia

Os advogados disseram que Lula foi alvo de uma investigação com motivações políticas e que a decisão de Moro envergonha o Brasil

São Paulo – Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disseram em comunicado nesta quarta-feira que a condenação imposta ao petista pelo juiz Sérgio Moro ataca a democracia e o Estado de Direito, e que provarão a inocência do ex-presidente em tribunais imparciais, inclusive na Organização das Nações Unidas (ONU).

“O presidente Lula é inocente. Por mais de três anos, Lula foi submetido a uma investigação com motivação política. Nenhuma evidência crível de culpa foi produzida e provas contundentes de sua inocência foram ignoradas”, afirmaram os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Zanin Martins em nota divulgada em inglês para a imprensa internacional.

Moro condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso envolvendo um tríplex no Guarujá, mas não determinou a prisão imediata do ex-presidente.

“O juiz Moro deixou claro sua parcialidade e motivação política desde o início até o final do processo. O julgamento feito por ele envergonha o Brasil”, afirma a nota dos advogados do ex-presidente.

Os advogados de Lula marcaram uma entrevista coletiva às 18h30, em São Paulo, para comentar a condenação.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Márcio Amaral

    Envergonha qual Brasil? Dos corruptos?

  2. Andréa Ferracini

    Especialistas em carreiras corporativas ensinam que para Ganhar mais nos dias de hoje, no universo dos profissionais do direito, é preciso ter o domínio de uma habilidade que pode ser aprendida em 2 meses na internet (https://youtu.be/GWWdZqVSLLQ), usando uma técnica de aprendizagem acelerada, usada por grandes personalidades no exterior mas que quase ninguém compartilha no Brasil. Isto é Sensacional!