Acidentes em rodovias de SP deixam 11 mortos no fim de ano

A quantidade é mais que o dobro do número de mortos registrados no mesmo período, em 2016

Acidentes deixaram 11 mortos nas rodovias federais que cortam o estado de São Paulo no período entre 23 de dezembro de 2016 e 1º de janeiro de 2017.

A quantidade é mais que o dobro do número de mortos registrados (4), no mesmo período, em 2016. Os dados, divulgados hoje (2), são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Foram registrados 172 acidentes, 27 deles considerados graves (quando tem vítima com ferimento grave ou morte), que deixaram 175 pessoas feridas e 11 mortas.

Dos 11 acidentes com óbitos, cinco ocorreram na Rodovia Presidente Dutra; cinco, na Régis Bittencourt; e um na BR 153, na região de São José do Rio Preto.

Segundo a PRF, a maioria dos acidentes com mortes ocorreu por falha humana ou imprudência, com registro de ingestão de bebida alcoólica e velocidade incompatível: 74 motoristas foram autuados por dirigir sob efeito de álcool e 13 foram presos por ter ingerido quantidade de álcool que caracteriza crime. Mais de 13 mil veículos foram flagrados acima da velocidade máxima permitida.