Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Abertura da Copa foi quase um papelão, diz jornal argentino

Nem todos ficaram impressionados com a cerimônia de estreia da Copa de 2014

São Paulo – Ficou com a impressão que a abertura da Copa do Mundo de 2014 foi sem-graça, estranha ou muito rápida? Você não foi o único.

Enquanto a maioria dos veículos destacou o colorido e as belezas naturais da cerimônia, alguns jornais e sites criticaram a apresentação preparada para a estreia do mundial.

A celebração foi “quase um papelão”, cravou o jornal argentino Olé em texto de sua cobertura do torneio.

“A ideia de resumir regiões, estilos e enquadrar o DNA de um país tão grande e diversificado não deu muito resultado”, disse o texto. “Por que não apostaram mais forte na música?”, questionou.

No jornal La Gazzetta dello Sport, da Itália, a manchete destacava a presença de Jennifer Lopez – e a duração de apenas 25 minutos do show.

Já o Mashable classificou a cerimônia como confusa para os espectadores, ainda que tenha gerado momentos inesperadamente divertidos com as fantasias dos bailarinos.

“E em algum lugar, Vladimir Putin e seu amigo urso gigante de Sochi estão sorridentes, pensando que finalmente perderam o posto de pior cerimônia de abertura de todos os tempos”, afirmou o texto.

Não faltou, como esperado, uma lista do Buzzfeed com os momentos mais “Que P%$#@ É Essa” da festa. Ganharam destaque a falha do globo gigante durante a entrada da cantora Jennifer Lopez, o visual de gosto duvidoso dos bailarinos e a atenção ínfima dada ao exoesqueleto que deu o chute inaugural da competição, um projeto científico do brasileiro Miguel Nicolelis que recebeu pouco destaque eu seu grande momento.