O Negócio é Lista

07.06.2010 - 18h24

As 13 melhores cidades para se viver em 2010

De todas as cidades do mundo, onde você escolheria morar? Nem todos escolhem as cidades com melhor qualidade de vida. Se fosse assim, Viena (Áustria), Zurique e Genebra (ambas na Suíça) seriam as mais populosas do mundo, já que são consideradas as três melhores segundo esse critério.

Com base em um conjunto maior de fatores, como atividade econômica, influência, poder político, entretenimento, artes, comércio, entre outros, quais seriam as 13 cidades ao redor do globo que deveriam ser consideradas na hora de mudar de endereço?

13. Seul


Se você não está muito preocupado com a possibilidade de um novo conflito entre as Coreias, Seul pode ser um ótimo lugar para morar. Há uns 600 anos a capital da Coreia do Sul (República da Coreia) é ponto de abrigo de milhares de pessoas. Hoje, já são mais de dez milhões de habitantes.

A cidade é considerada a nona melhor do mundo em atividade econômica, o que a coloca bem posicionada nessa lista. Com mais de 25 mil lojas abertas 24 horas por dia, cobertura de internet em 91,8% do território, bons índices de saúde pública e quatro estações bem definidas, Seul pode soar promissora para muita gente.

12. Washington D.C.

Endereço de sedes de organizações políticas internacionais, embaixadas e ONGs que influenciam o pensamento e a política em todo o mundo, a capital dos Estados Unidos é considerada a número 1 no quesito poder político.

Quem gostaria de ser vizinho da família Obama e outros quase 600 mil habitantes, além de morar em uma rica área metropolitana que inclui cidades nos estados de Maryland e Virginia?

11. Chicago

A terceira maior cidade dos Estados Unidos também marca presença no ranking. Às margens do Lago Michigan, a capital financeira de Illinois é um dos maiores centros empresariais do mundo e o segundo maior centro financeiro e industrial americano. São mais de 2 milhões de pessoas em Chicago que podem concordar com a posição da cidade entre as melhores do planeta.

10. Toronto

O Canadá é um dos países com melhor qualidade de vida do mundo. A capital financeira canadense, Toronto, tem uma das menores taxas de criminalidade do país e exerce grande influência regional. O lago Ontario simboliza o ar puro e o estilo de vida ao ar livre presente na maior cidade do Canadá.

9. Pequim

Para quem não se importa em ser um entre mais de 10,3 milhões de pessoas e de não poder pesquisar certos termos no Google, Pequim é uma boa opção para construir moradia. Com inegável riqueza cultural – de mais de 3 mil anos – e organização, a capital de uma das mais crescentes economias mundiais não podia deixar de figurar bem nessa lista.

8. Berlim

Sobrevivente de guerras (e pós-guerras), Berlim é um principais centros comerciais da Europa, sede de importantes universidades, museus, empresas etc.  Em cada esquina, os moradores tropeçam em monumentos ou resquícios históricos. Como se isso não bastasse, a capital tem altos índices de qualidade de vida, influência política, cultural e econômica.

Em visita à cidade durante a Guerra Fria, até o presidente norte-americano de então, John F. Kennedy demonstrou seu apoio à cidade, com a famosa citação “Sou um cidadão de Berlim”.

7. Cingapura


A cidade-estado é listada como a quinta melhor em atividade econômica, com economia fortemente baseada no mercado, desde quando era apenas um entreposto comercial na Ásia até se tornar uma grande exportadora de mercadorias e ser um dos “Tigres Asiáticos”. É considerada um dos lugares mais caros do mundo para se viver, mas, para quem pode, é possível usufruir muito bem da cidade cosmopolita. Não à toa, Cingapura é também a sétima colocada em “conhecimento e influência”.

6. Bruxelas


Por Bruxelas não ser só a capital da Bélgica, como também da União Europeia, a cidade é listada como a terceira mais influente em poder político no mundo.  Desde a Segunda Guerra Mundial, Bruxelas também é sede de várias organizações  internacionais, como a OTAN. A cidade do personagem Tintin, com  1,2 milhão de habitantes, é cercada por prédios históricos e modernos, que dividem a paisagem.

5. Los Angeles

Sede de Hollywood, Los Angeles é considerada a capital mundial do entretenimento e é a segunda maior cidade americana, com 3,8 milhões de habitantes. A Forbes já classificou a cidade como a oitava mais poderosa economicamente no mundo, não só pela área relacionada ao lazer e mídia, mas também pela atividade e influência industrial. A região de Los Angeles reúne vizinhanças caríssimas e alto padrão de vida e consumo, com muita gente que adora morar na Califórnia, próximo às praias e celebridades.

4. Tóquio

Na maior ilha do arquipélago que forma o Japão está Tóquio, local atraente para pessoas do mundo inteiro, que se mudam para a cidade em busca de novos negócios.  A região metropolitana da capital japonesa tem mais de 37 milhões de pessoas, sendo estimados 13 milhões somente nos limites da cidade.  Tóquio é o centro político, financeiro, comercial e cultural do país, com uma rede de transportes altamente desenvolvida, e arranha-céus que disputam espaço com a arquitetura tipicamente oriental.

3. Paris

Ah, Paris. Cidade que é referência de inúmeros livros, filmes, músicas e obras de arte há gerações. É só ouvir falar em Paris para começar a imaginar cafés, boinas, mulheres elegantes, passeios à margem do Rio Sena e a Torre Eiffel. À parte o romantismo da cidade, a capital francesa é uma das metrópoles mais populosas da Europa e um centro financeiro e cultural que influencia os mais diversos campos do conhecimento, de negócios à ciência, passando por entretenimento, educação, política etc.

2. Londres

Londres significa mais do que a morada da família real mais pop do mundo. Os romanos colonizaram e desde então a capital britânica se constitui em uma das metrópoles globais mais importantes do mundo, com grande número de estrangeiros das mais diversas partes do globo. Londres é também o principal centro financeiro da Europa e sede de grandes empresas multinacionais. O transporte é considerado eficiente, com o maior sistema de metrô do mundo e ônibus que circulam 24 horas por dia.

A cidade também é um dos mais importantes centros culturais do planeta, palco de obras de arte e manifestações que mudaram o mundo.

1. Nova York


O topo da lista é nova-iorquino, berço de movimentos culturais e  de organizações internacionais como a ONU. A cidade mais populosa dos Estados Unidos ainda possui a maior (e a segunda maior) bolsa de valores do mundo, as maiores organizações de mídia e entretenimento e a sede de 42 das 500 maiores empresas listadas pela Fortune.

A cidade tem destaque também na área educacional, com universidades renomadas, transportes que funcionam 24 horas por dia, e grande diversidade cultural. (A ilha de Manhattan, porém, não é para todos. É lá que fica o metro quadrado mais caro dos Estados Unidos, no chamado Upper East Side.)

Fonte: Knight Frank

E você, onde gostaria de morar?

ATUALIZAÇÃO: A título de curiosidade, as únicas cidades brasileiras que aparecem no estudo foram São Paulo (a 24ª melhor cidade para se morar) e o Rio de Janeiro (na 37ª colocação). Outras cidades da América Latina listadas: Buenos Aires (27ª), Bogotá (35ª) e Cidade do México (21ª).

Último comentário por Cezar : FALTA SERIAEDADE AO FAZER LISTA... Algumas saem boas, outras são questionáveis. Colocar Pequim na frente de Toronto e Chicago é …

Comentários (75) 

  • Termo de uso | Comentários sujeitos a moderação
  • Gilnes

    Excelente nota, mostra perspectivas, amplia conhecimento e transmite o quanto é possível viver novos horizontes

  • Delio

    Com toda certeza o melhor lugar para se viver nao eh em uma metropole e sim em uma cidade menor!!

  • Cassio

    Faltou Santiago (Chile), na minha opinião a melhor cidade da América Latina.

Expandir todos os 75
Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados

(none)