O Negócio é Lista

06.05.2010 - 03h50

As 5 maiores fabricantes de bebidas alcoólicas do mundo

Enquanto outros setores da economia ainda sentem as dores de cabeça da ressaca pós-crise, os fabricantes de bebidas alcoólicas celebram. O crescimento no volume de vendas e na participação de mercado das principais companhias mostra que a recessão não tem prejudicado os hábitos de consumidores de vinhos, cervejas e destilados em todo o mundo.

Brindemos com moderação os cinco maiores fabricantes de bebidas alcoólicas do globo (em valores de mercado):

5. Pernod-Ricard (França)

O menu de bebidas do Grupo Pernod-Ricard reúne líderes de mercado e marcas famosas, principalmente após as aquisições recentes da Allied Domecq e Vin & Sprits. São nomes como os uísques Ballantine’s e Chivas Regal, a vodka Absolut e o rum Montilla.  Com o valor de mercado em US$ 22 bilhões, além da margem de lucro de 14% em 2009, a fabricante de bebidas francesa tem o que comemorar.

4. Heineken (Holanda)

O grupo holandês Heineken não é dono apenas das garrafas verdes da cerveja homônima. Desde a aquisição da Femsa no início deste ano, a companhia responde também por marcas como a Kaiser, Sol, Bavaria e Xingu no Brasil. O valor da Heineken no mercado atingiu US$ 25 bilhões nesse ano. Já a margem de lucro, em 2009, foi de 7%.

3. Diageo (Reino Unido)

São 568 mililitros de cerveja escura, forte e encorpada, tão símbolo da Irlanda quanto os próprios pubs onde é servida: a Guinness, sempre em imperial pint. O lucro da terceira maior fabricante de bebidas alcoólicas do mundo, a Diageo, não vem só da tradicional marca conterrânea, mas também – e principalmente – das destiladas Johnny Walker, Smirnoff, Baileys e José Cuervo.

Juntas, elas são responsáveis pelo valor de mercado da empresa em US$ 42 bilhões, com margem de lucro registrada em 2009 de 16%.

2. Companhia de Bebidas das Américas – AmBev (Brasil)

O atual braço da AB Inbev para as operações na América do Sul surgiu da fusão da Brahma e Antarctica em 1999. A gigante de bebidas, que engloba também cervejas como Skol, Original, Bohemia e marcas de refrigerante, chegou a anunciar nesta quinta um aumento no lucro de 3,9% no primeiro trimestre de 2010, em relação ao mesmo período do ano passado.

De qualquer forma, ela já seria a mais lucrativa dessa lista com 26% de margem de lucro registrado em 2009. A AmBev é ainda a segunda maior cervejaria do mundo em valor de mercado: US$ 57 bilhões.

1. Anheuser-Busch Inbev (Bélgica)

A maior cervejaria do mundo, além de contar com a AmBev no mercado brasileiro, tem no catálogo – de mais de 200 marcas – líderes de vendas como Budweiser, Bud Light, Stella Artois, Quilmes e Beck’s. Não à toa, a AB Inbev possui US$ 81 bilhões de valor no mercado de cervejas e registrou margem de lucro de 13% em 2009.

*Fonte: Bloomberg Businessweek

ATUALIZAÇÃO: A Bloomberg Businessweek não considerou, para essa relação,  as empresas que não haviam anunciado até a última semana de março/2010 os resultados de 2009. Por esta razão, grandes fabricantes, como a  SABMiller, não apareceram no top 5.  Não fosse por isso, a gigante sul-africana responsável por marcas como a Miller Genuine Draft estaria no terceiro lugar dessa lista, com o valor de mercado de US$ 43,6 bilhões (hoje). Agradeço aos leitores que apontaram a ausência.

Último comentário por HancockMichael22 : One knows that men's life is not very cheap, nevertheless some people need cash for different things and not every ...

Comentários (5) 

  • Termo de uso | Comentários sujeitos a moderação
  • Gustavo

    Amanda, creio que você se esqueceu da SAB Miller na relação, a cervejaria sul-africana tem um faturamento ligeiramente inferior à Heineken, mas ganha em vol...

  • Carlos Eduardo Mozer França

    Admiro muito esse mercado. Agressividade e dinamismo são palavras que compõe o dia a dia de quem trabalha na Ambev, por exemplo. carlosmfraca.blogspot.com/

  • Nayz

    Ambev, Brasil!

Expandir todos os 5
Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados