28.03.2012 - 19h32

A Lenovo quer a CCE

A chinesa Lenovo, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, está em negociações avançadas para comprar a brasileira CCE.

A CCE será avaliada em cerca de um bilhão de reais.

Leia mais detalhes na coluna Primeiro Lugar, na edição da EXAME que chega às bancas amanhã.

Procurada, a Lenovo não comentou. A Digibrás, dona da CCE, disse que não está negociando a venda.

12.03.2012 - 14h58

Queiroz Galvão contrata bancos e parte para IPO

A Queiroz Galvão Óleo e Gás também definiu os bancos que coordenarão sua abertura de capital.

O consórcio será formado por Merrill Lynch, Itaú-BBA e JP Morgan.

12.03.2012 - 14h51

Os bancos da CPFL

A CPFL Renováveis contratou Merrill Lynch, Itaú-BBA, Morgan Stanley, Bradesco e Banco do Brasil para coordenar sua abertura de capital.

05.03.2012 - 18h30

CPFL Renováveis abrirá o capital

A CPFL Renováveis vai abrir seu capital na Bovespa.

A companhia vem negociando com bancos de investimento a formação do consórcio de coordenadores da oferta de ações. Segundo o Faria Lima apurou, os bancos devem ser escolhidos no fim da semana.

A CPFL Renováveis nasceu após a fusão de CPFL Energia e ERSA, no ano passado. Em fevereiro, a companhia anunciou a compra dos quatro parques de energia eólica da Bons Ventos, por um bilhão de reais.

01.03.2012 - 17h10

Carlyle fecha compra da Ri Happy

O fundo americano Carlyle fechou ontem a compra da Ri Happy, maior rede de varejo de brinquedos do país. O negócio deve ser anunciado nas próximas horas.

O Carlyle comprou 85% das ações da Ri Happy. A empresa foi avaliada em 500 milhões de reais.

As negociações entre Carlyle e Ri Happy foram antecipadas pelos repórteres Thiago Bronzatto e João Werner Grando, de EXAME, no dia 4 de janeiro.

Essa é a quinta aquisição do Carlyle no Brasil.