Blue chips

26.08.2011 - 18h02

Ações de empresas de software têm a maior alta da bolsa

Com queda de 24% em 2011, o Ibovespa vive o seu pior momento desde 2002, quando o índice caiu 29% no mesmo período. Mas as ações de empresas de três setores andam na contramão – software, energia elétrica e telecomunicações. Segundo um levantamento da consultoria Economática, os papéis das companhias de software subiram, em média, 12% neste ano – a maior alta entre os principais setores da bolsa. Os de telecom e energia elétrica ganharam 5% e 2%, respectivamente.

O bom desempenho do setor de software foi impulsionado pela alta das ações das operadoras de cartões Cielo e Redecard, que subiram 22% em 2011. Um relatório da corretora Ágora atribui a valorização a resultados melhores que o esperado no segundo trimestre deste ano. Além disso, espera-se um crescimento de 26% no volume de transações com cartões em 2011.

As ações do Uol também se destacam, com valorização de 26% em 2011. “A oferta do fechamento de capital anunciada no mês passado provocou essa disparada anormal dos papéis da companhia”, explica Pedro Galdi, estrategista-chefe da SLW corretora.

Comentários (0) 

  • Termo de uso | Comentários sujeitos a moderação
Expandir todos os 0
Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados

(none)