Os 8 melhores empregos para profissionais de engenharia e TI | EXAME.com
São Paulo
Germano Luders
Carregando

Os 8 melhores empregos para profissionais de engenharia e TI

Engenharia-civil-size-620

 

 

Os profissionais de Engenharia e Tecnologia da Informação estão em crescente ascensão no mercado mundial. Segundo dados do Bureau of Labor Statistics (BLS), unidade do Departamento de Trabalho dos Estados Unidos, seis carreiras de TI e Engenharia vão crescer pelo menos 20% ao longo dos próximos oito anos. Além de maiores perspectivas de crescimento, os engenheiros e profissionais de TI possuem salários mais altos. De acordo com dados Sociedade Americana de Engenheiros Mecânicos (ASME), durante o período de recessão estadunidense – 2011-2013 – o salário médio dos profissionais desse setor subiu quase 5%. O índice de desemprego entre eles também é menor e fica entre 1,9%.

Diante do cenário tão promissor, o site de recrutamento CareerCast elaborou uma lista com os oito melhores empregos na área de tecnologia da informação e engenharia, baseado no  2014 Jobs Rated Report, publicação anual que leva em conta ambiente de trabalho, perspectiva de crescimento e estresse de cada profissão.

Veja quais são os oito melhores cargos para os profissionais de TI e engenharia:

Engenheiro de software 

Salário médio anual: $93,350 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 22%

Analista de sistemas

Salário médio anual: $79,680 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 25%

Engenheiro Biomédico

Salário médio anual: $86,960 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 27%

Administrador de Sistemas

Salário médio anual: $72,560 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 12%

Engenheiro de Petróleo 

Salário médio anual: $130,280 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 26%

Engenheiro Civil

Salário médio anual: $79,340 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 20%

Programador

Salário médio anual: $62,500 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 20%

Redator Técnico

Salário médio anual: $65,500 dólares

Projeção de crescimento até 2022: 15%

Comentários