Namorem, casais, namorem!

Namorar é um gesto de admiração, de cuidado, uma forma de nutrir, um sonho, um desejo de conquista. Namorar é permanecer encantado. Observo cenas entre os casais: nos supermercados, parecem duas pessoas estranhas, cada um olhando para um lado, pegando coisas, abstraídos em si mesmos; nos estacionamentos, um segue à frente do outro, literalmente parecendo dois estranhos. Dentro dos carros, nas ruas, duas pessoas caladas, distantes num mesmo lugar.

Namorar é um gesto de admiração, de cuidado, uma forma de nutrir, um sonho, um desejo de conquista. Namorar é permanecer encantado.

Observo cenas entre os casais: nos supermercados, parecem duas pessoas estranhas, cada um olhando para um lado, pegando coisas, abstraídos em si mesmos; nos estacionamentos, um segue à frente do outro, literalmente parecendo dois estranhos. Dentro dos carros, nas ruas, duas pessoas caladas, distantes num mesmo lugar. Read more

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s