Ninguém se entende na Oi

Os credores da empresa de telefonia Oi não estão entendendo nada. Os principais acionistas da empresa, metida numa recuperação judicial há mais de um ano, dizem que os credores votarão o plano proposto pela companhia em setembro. Na prática, o processo está tão parado quanto sempre esteve. Os credores representados pela consultoria Moelis estão há sete meses sem ouvir uma proposta. Outro grupo, representado pela FTI, teme que a assembleia marcada sem uma negociação prévia seja um indício de que a cúpula da Oi está armando um golpe jurídico para aprovar o plano de recuperação original goela abaixo dos credores. Procuradas, Moelis e FTI não comentam.

Atualização: o empresário Nelson Tanure, um dos principais acionistas da Oi, diz que “os acionistas desconhecem o suposto descontentamento dos credores” e que “com o diálogo mantido, a Oi está muito próxima de um acordo para obter os votos necessários e, com isso, aprovar o plano na assembleia geral”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s