Leia a revista EXAME e o conteúdo do app EXAME Hoje em EXAME.com

A partir de agora, a revista EXAME estará no site já no dia em que ela chega às bancas, junto com novos vídeos, colunistas e o conteúdo do app EXAME Hoje

Neste mês, EXAME.com está passando por um upgrade. Você vai poder ler, no site, a revista EXAME completa já no dia em que ela chega às bancas.

O conteúdo total do aplicativo EXAME Hoje também estará disponível no site. Além de reportagens, ele inclui textos de renomados colunistas que escrevem sobre negócios, economia e política. Veja alguns deles:

Paul Krugmanvencedor do prêmio Nobel de Economia de 2008, vai se juntar a esse time em breve.

Outras novidades estão a caminho. Entre elas, há novos programas em vídeo que vão tratar de temas como empreendedorismo, sustentabilidade, economia e política.

Para possibilitar a produção desse conteúdo de alta qualidade, EXAME.com passa a ter um novo modelo de acesso. Você poderá ver até dez notícias, artigos ou vídeos por mês gratuitamente em cada dispositivo que usa (smartphone, tablet e PC).

O acesso ilimitado será liberado mediante uma assinatura mensal. Assinantes da revista EXAME e do app EXAME Hoje terão acesso livre, bastando digitar o nome de usuário e a senha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. arthur bezerra

    Esse modelo de acesso (meio pago, meio de graça), não vai dar certo.